Avança no Senado proposta que garante acesso das rádios comunitárias à Lei Rouanet


A Comissão de Assuntos Econômicos (Cae) do Senado aprovou, nesta terça-feira (13) projeto de lei que inclui projetos de apoio cultural aos serviços de radiodifusão comunitária entre os beneficiários de incentivo fiscal à cultura. A proposta, do senador Paulo Paim (PT-RS), foi acrescida da emenda apresentada pela senadora Lúcia Vânia (PSB-GO), limitando o benefício apenas para as emissoras que tenham 80% de sua programação de caráter cultural.

A proposta visa reduzir os desafios de manutenção das rádios comunitárias, que estão proibidas por lei de receberem receitas decorrentes propagandas comerciais. “A legislação em vigor admite apenas o patrocínio, sob a forma de apoio cultural, proveniente de estabelecimentos situados na área da comunidade atendida, o que vem se mostrando insuficiente para atender às necessidades dessas emissoras, argumenta o autor.

Caso seja sancionada, a proposta permitirá que as rádios comunitárias tenham acesso a recursos por meio da Lei Rouanet, que tem o patrocínio descontado do imposto de renda do doador. O projeto ainda será apreciado em caráter terminativo na Comissão de Educação do Senado, que é presidida pela senadora Lúcia Vânia. Caso aprovado, segue para apreciação na Câmara dos Deputados.

Anterior Kassab diz que Correios precisam cortar custos, ou serão privatizados
Próximos Senado aprova PL que eleva Fistel de teles que descumprem metas de qualidade