Avança no Senado PL que permite acumular saldo de franquia dos serviços de telecom


Avança no Senado o projeto de lei (PLS 413/2018) que garante ao consumidor o direito de acumular o saldo não utilizado da franquia associado ao plano de serviço contratado. A matéria foi aprovada na Comissão de Fiscalização e Controle (CTFC) e agora será apreciada pela Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT), a quem caberá a decisão final.

De autoria do senador Telmário Mota (Pros-RR), o PLS 431/2018 recebeu voto favorável, com emenda, do relator, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). A proposta leva em conta todos os serviços de telecomunicações na modalidade pós-paga.

Para Telmário, o PL tenta equilibrar direitos e deveres. “O consumidor paga por certa quantidade de minutos de ligações telefônicas, de tráfego na internet e de mensagens de texto, mas se não utiliza integralmente as quantidades contratadas dentro do mês de faturamento, perde o direito de utilizar os eventuais saldos no futuro”, disse.

Já o senador Randolfe destaca que um dos objetivos da Política Nacional de Relações de Consumo (instituída pelo Código de Defesa do Consumidor) é a proteção dos interesses econômicos dos consumidores, assim como a proteção contra práticas e cláusulas abusivas ou impostas no fornecimento de produtos e serviços.(Com Agência Senado)

Anterior Filho de Slim anuncia investimentos de R$ 33 bi em 3 anos e critica proposta de edital 5G
Próximos Vivo lança franchising Terra Fibra em Águas Lindas de Goiás