Segundo comissário para a competição, aquisição não afeta a competição entre OTTs de mensagens.

Solução exibe, em tempo real, onde no mundo se encontra um equipamento a partir de conexão com quaisquer redes de telefonia móvel.

O Financial Times afirma que a decisão da Comissão Europeia será anunciada esta semana.

O negócio de US$ 49 bilhões e que envolve a Sky brasileira deverá ser fechado no primeiro semestre de 2015 nos Estados Unidos.

Motivo alegado é de que o fundo de investimentos que quer comprar a parte da operadora italiana na Telecom Argentina concordou em ampliar o prazo de negociação

Equipamento poderá ser atualizado para 400G no futuro. Cerca de 20 de redes adotaram a plataforma.

Segundo o IDC, a previsão é de que a comercialização ganhe força no segundo semestre chegando a 10 milhões de unidades.

Para a fabricante, esta operação é fundamental para o aumento do acesso à internet nos Estados Unidos. Mas ex acionistas da AT&T são contra a operação, acusando a empresa de práticas anticompetitivas.

Embarques de aparelhos especializados caíram para 22 milhões de unidades, enquanto os usuários de aplicativos de navegação cresceu para 180 milhões.