Enel X e Here Technologies mapeiam aglomeração de pessoas

Leia Mais

App permite receber entrega por comando de voz 

Leia Mais

Caso Cambridge Analytica gera multa de R$ 6,6 milhões ao Facebook

Leia Mais

Com o comunicado da operadora, de que decidiu ingressar com o pedido de recuperação judicial, a Anatel divulgou ontem, 21, à noite nota à imprensa informando que vai suspender cautelarmente qualquer alienação ou oneração de bens móveis e imóveis integrantes de patrimônio das concessionárias, bem como de suas controladoras, controladas e coligadas, sem aprovação prévia pela agência

Em fato relevante encaminhado à CVM, a companhia informa que decidiu recorrer à Justiça para proteger as empresas do Grupo Oi de ameças de iminentes pedidos de penhora ou bloqueio e garantir a prestação dos serviços a seus usuários. Diante dessas ameaças, diz que não poderia continuar aguardando o resultado da repactuação de suas dívidas com os credores. Assim, deu entrada hoje, 20, ao pedido de recuperação judicial no Rio de Janeiro. O total de créditos envolvidos na medida soma R$ 65,4 bilhões.

Twitter não revelou o preço pago pela Magic Pony, terceira aquisição em três anos no segmento de machine learning.

Rcell Telecom espera vender 1 milhão de unidades de seu aparelho com marca própria

A empresa deixou de investir em P&D, conforme determina a Lei de Informática

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinou com a Oi em maio deste ano, conforme as agências Valor Econômico e Globo, um acordo para a suspensão do pagamento da dívida da concessionária por 180 dias. Mercado acha que até o dia 10 de julho Oi deverá ter feito pedido de recuperação judicial.

Pagamento se refere aos resultados apurados até 31 de maio, e beneficiará acionista com papeis da companhia em 30 de junho.

O Brazilian TV Producers leva este ano 13 produtoras independentes para o festival francês