A Oi divulga comunicado oficial à CVM, confirmando que está negociando, com exclusividade, com a francesa Altice a venda da PT. A operadora francesa melhorou a oferta, elevando em mais 400 milhões de euros à proposta original. Nesta proposta, fica mantido o condicionamento do pagamento diferido de 500 milhões de euros relacionado à geração futura de receita da Portugal Telecom. A venda é só pelos ativos da PT, o que não inclui o ingresso do grupo francês no capital da brasileira Oi. Neste caso, quem se mantém no controle da Oi é a PT SGPS, a holding, que conta com a participação o Grupo Espírito Santo (GES).

A greve dos trabalhadores da Cobra Tecnologia – subsidiária do Banco do Brasil – começou na última terça, dia 25, e já atinge 90% dos trabalhadores de São Paulo.

Pelo acordo, francesa pagará até 30 milhões de euros aos CTT caso compre os ativos da operadora portuguesa.

CEO da Telecom Argentina seria responsável pela operação, que poderia resultar em venda do negócio.

Sem detalhar, associação afirma que ministros dos países que compõem o bloco recusaram grande parte da proposta de criação de mercado único no continente.

Na véspera de rodada de negociações que resultarão na adoção de um mercado comum de telecomunicações na Europa, Andrus Ansip pede também harmonização do espectro.

Lá, o Google domina o mercado de busca com 90% das pesquisas na web. Participação maior do que no próprio Estados Unidos, onde a empresa abocanha 68% das buscas.

Pesquisa do Gartner mostra também que 10 milhões de usuários de smartphones na Alemanha já utilizam a mesma tecnologia

A incubment inglesa, BT, está negociando com a operadora alemã e com a Telefónica