Trimestre teve ainda retração nos investimentos e parcerias de compartilhamento em infraestrutura

Órgão diz que operadora não é transparente quanto ao uso que faz de dados pessoais dos clientes do serviço que libera a internet em troca de publicidade. A operadora afirma que ainda não foi citada e reitera que cumpre a legislação vigente.

Sem contar o contrato de licenciamento para a fabricante do iPhone,lucro da Qualcomm teria caído 34%.

Serviço hoje restrito a clientes de TV e banda larga da operadora poderá ser assinado por qualquer pessoa com acesso à internet

Agência vê possível modelo de fomento do FIP Criatec, do BNDES, aplicado ao setor audiovisual com recursos do FSA

Fusão de operações locais no entanto já foi realizada, com subsidiárias obedecendo aos condicionantes impostos pelo Cade

Abraão Balbino e Silva | Encontros Tele.Síntese 51 - 21/11/17 – Brasília-DF | Foto: Gabriel Jabur

Para Abraão Balbino, superintendente de competição da Anatel, a decisão da agência pode, inclusive, não ser a melhor para o consumidor, o que a seu ver torna necessário um debate amplo no Congresso Federal. Para a Claro, decisão contrária da Anatel pode resultar em destruição do setor de TV paga brasileiro.

Vivo defende aproximação com OTTs. Algar vê com preocupação venda direta de canal linear pelo programador.

Para Rodrigo Marques, tecnologia ainda tem que se provar rentável para atrair investimentos da operadora

Operadora de satélites vê saída como alternativa ao problema de interferência da 5G sobre os canais de TV aberta sintonizados por antena parabólica.