Miriam Aquino

Sobre o autor Miriam Aquino

Jornalista há mais de 30 anos, é diretora da Momento Editorial e responsável pela sucursal de Brasília. Especializou-se nas áreas de telecomunicações e de Tecnologia da Informação, e tem ampla experiência no acompanhamento de políticas públicas e dos assuntos regulatórios. miriam@momentoeditorial.com.br

shutterstock_Telefonia_fixa_infraestrutura_regulacao_concessionaria_politica_fio
Regulação

TCU aponta riscos de judicialização e dano ao erário com a mudança do modelo de telecom

O TCU retirou o sigilo da auditoria sobre a mudança do modelo de telecomunicações em debate. E o tribunal decidiu que vai acompanhar de perto todo o processo, pois apurou que há riscos concretos de judicialização do tema; de danos ao erário (em virtude, principalmente do método do cálculo dos ônus e bônus da concessão que a Anatel estuda implementar, e da proposta de perpetuação das frequências ) e de comprometimento da inclusão digital.

Leia mais 0 Comentários
senadoplenario
Política

PL pelo fim da concessão de telefonia já tem parecer favorável no Senado

O PL 3453- que agora foi renumerado no Senado Federal para PLC nº 79 – mal chegou no Senado Federal, e está pronto para ser votado pela comissão temática para o qual foi destinado, a Comissão Especial do Desenvolvimento Social, em caráter terminativo. O presidente da comissão, senador Otto Alencar, resolveu ser o relator do processo e hoje mesmo, 01 de dezembro, apresentou o seu parecer, pela aprovação integral do projeto, com uma única emenda de redação (que não obriga o reenvio à Câmara dos Deputados).

Leia mais 0 Comentários
two business man fighting with sword,business concept,illustration,vector, disputa, luta, conflito, espadas, força, entidades
Destaque da editora

O voto divergente para o TAC da Telefônica

A troca de TUPs pelo serviço celular, para o conselheiro, poderá deixar alguns usuários completamente sem o serviço de voz, já que a cobertura do SMP é de apenas 80% do município. Ele se ressente também da ausência de garantias firmes para todo o TAC e mesmo a aprovação do proFTTH, que, relembrou, havia sido descartado como a melhor opção para o país em decisão anterior da agência.

Leia mais 0 Comentários