Aumenta a concentração entre os fabricantes de celular


 Foram vendidos, em 2006, 990,8 milhões de aparelhos celulares em todo o mundo, conforme a pesquisa do Gartner, um desempenho 21,3% maior do que 2005. Ao mesmo tempo em que aumenta o consumo, diminui a participação das marcas menos globalizadas. No ano passado, as empresas que não integram a lista das seis gigantes do setor …

 Foram vendidos, em 2006, 990,8 milhões de aparelhos celulares em todo o mundo, conforme a pesquisa do Gartner, um desempenho 21,3% maior do que 2005. Ao mesmo tempo em que aumenta o consumo, diminui a participação das marcas menos globalizadas. No ano passado, as empresas que não integram a lista das seis gigantes do setor perderam 5% de market share, comercializando apenas 14% de quase um bilhão de aparelhos vendidos.

A líder de mercado continua a ser a finlandesa Nokia, que vendeu 345 milhões de aparelhos no ano passado, com market share de 34,8%. Seguida pela Motorola, com 209 milhões de celulares e 21% de market share. Em terceiro, a Samsung, com 116,4 milhões e 11,3% de participação, seguida pelas SonyEricsson, com 73,6 milhões de unidades (7,4%) e LG, com 62 milhões de equipamentos vendidos e 6,2% de market share.

Conforme o Gartner, a BenQ caiu da sexta para a nona posição em 2006 e comercializou apenas 23,5 milhões ou 2,4% do market share. As demais marcas venderam, em seu conjunto, 161 milhões de handsets.

(Da Redação) 

Anterior Allot Communications escolhe country manager
Próximos Pirelli pode vender integralmente a Telecom Itália