AT&T vai devolver US$ 105 milhões a clientes nos EUA


A segunda maior operadora dos Estados Unidos deverá desembolsar US$ 105 milhões para ressarcir clientes que receberam cobranças indevidas ao longo do último ano. O valor prevê devolução diretamente aos lesados do equivalente a US$ 80 milhões, além de pagamento de US$ 20 milhões aos estados norte-americanos que participaram da ação conjunta contra a empresa e US$ 5 milhões para o tesouro do país. A ação, que corria na Justiça, tinha participação de todos os estados, da Federal Trade Commission (FTC) e da Federal Communications Commission (FCC).

Segundo o processo, a AT&T cobrava por serviços não contratados pelos usuários até US$ 59 ao mês. Entre os serviços estavam donwload de papéis de parede, ringtones, horóscopo, dicas de paquera e fofocas de celebridade. Agora, os clientes que se sentirem lesados poderão acionar a empresa e pedir restituição. A decisão foi obtida após acordo. A empresa se comprometeu, ainda, a reformular os serviços terceirizados de assinatura de conteúdo no celular, passando a pedir consentimento expresso antes de incluir um cliente no rol destes serviços. O valor é o maior já registrado pelo FCC envolvendo multa ou restituição por serviços de telecomunicações. (Com agências internacionais)

Anterior RNP conclui licitação e chega a 911 circuitos contratados em todo o país
Próximos Minoritários da PT tentam reverter fusão com a Oi nos tribunais