AT&T revê para baixo número de usuários das operadoras compradas no México


at&t logoA norte-americana AT&T está revendo, para baixo, alguns dos números das operadoras recém adquiridas no México. No caso da Iusacell, cortou em cerca de 30% a quantidade de usuários reportados. A companhia informou que, em vez de 9,2 milhões de clientes, a Iusacell tem, na verdade, 6 milhões.

O executivo que comanda os negócios no país Thaddeus Arroyo, porém, afirmou que a revisão é natural. Segundo ele, sempre que a AT&T compra uma empresa, aplica seus próprios métodos para contabilizar usuários. “E faremos o mesmo com a Nextel”, disse ao Wall Street Journal.

A AT&T pagou US$ 2,5 bilhões pela Iusacell em janeiro, e mais US$ 1,88 bilhão pela Nextel México em abril. De acordo com o executivo, a meta da companhia é assumir a liderança do mercado – uma façanha e tanto, uma vez que a América Móvil, do bilionário Carlos Slim, detêm 69% de market share em telefonia móvel no país por meio da Telcel.

Para atingir o objetivo, a companhia quer integrar as operações de Iusacell e Nextel México. Arroyo não comentou quanto vai investir para fazer frente à América Móvil, que tem 72,1 milhões de usuário, e também à Telefónica México, que possui 22,5 milhões de clientes. Entre as estratégias da norte-americana estariam promoções para ampliar a penetração de smartphones, que no país são ainda 50% do mercado, e ampliar a rede 4G/LTE, presente em aproximadamente 35% dos POPs. (Com agências internacionais)

Anterior Mais um projeto da Oi entra no REPNBL
Próximos Google quer que EUA defenda uso de radiobase aérea na UIT