AT&T facilitou espionagem na internet, diz NYT


A operadora norte-americana AT&T – que comprou a SKY brasileira – foi “altamente colaborativa” e “extremamente interessada em ajudar” o governo norte-americano em sua espionagem de dados pela internet, informou o jornal “The New York Times”.

Conforme a notícia publicada pelo NYT de sábado,  a operadora norte-americana de telecom, AT&T, foi “altamente colaborativa”  na espionagem feita pela Agência de Segurança norte-americana (NSA). A empresa foi , a partir de setembro de 2003, a primeira parceira a permitir a NSA a ter ” presença viva na rede global de telecomunicações” e seus sistemas foram os primeiros a usar a tecnologia de vigilância criada pela agência do governo norte-americano, informa a reportagem.

Também em celular

Conforme o noticiário, em 2011 a AT&T começou a repassar para a NSA mais de 1,1 bilhão de registros telefônicos por dia de celulares norte-americanos. Tanto o governo como as empresas de norte-americanas negavam que haviam espionado cidadãos norte-americanos.

Os documentos publicados informam ainda que a operadora deu acesso à vigilância do  norte-americana também às comunicações estrangeiras, através de seus hubs de internet. ( com agências internacionais).

 

Anterior MEC vai economizar R$ 2,4 milhões por ano com sistema eletrônico de informações
Próximos Índia discute a neutralidade da rede