Associação internacional de telecomunicações propõe carregador único


A International Telecommunication Union (ITU) está propondo a criação de um modelo único de carregador que pode trazer inúmeros benefícios aos usuários finais uma vez que seria ecologicamente correto. Segundo a ITU, um cabo destacável com conectores padronizados permitiria a conexão com vários dispositivos, incluindo todos os telefones celulares e outros aparelhos como leitores de MP3/MP4, tablets, pcs, câmeras, fones de ouvido sem fio, dispositivos de GPS, dentre outros.

 

O mesmo carregador poderia ser usado para transferência de dados e evitaria uma duplicação desnecessária de cabo e, portanto, redução de custos e lixo eletrônico. Conforme a associação, o adaptador também deveria ter baixo consumo de energia. Tendo em vista que bilhões desses carregadores estariam disponíveis no mercado nos próximos anos, a nova norma vai permitir uma redução significativa de energia global.

“Outras normas pretendem ter caráter universal e energeticamente eficientes, mas apenas uma solução como essa é verdadeiramente universal e um passo em frente no tratamento de questões ambientais e mudanças climáticas. O carregador universal trará benefícios para uma vasta gama de  consumidores. Tenho certeza de que o projeto será acolhido por todos os membros da UIT (192 governos e mais de 700 entidades do setor privado). O impacto ambiental da ampla adoção será enorme. Esta melhoria significativa no padrão acordado pela primeira vez em 2009 mostra o quão rápido a ITU pode responder à demanda do mercado”, diz o Secretário-Geral da ITU, Hamadoun Touré.

Segundo a assessoria de imprensa da ITU, empresas como a Telecom Italia, a France Telecom, Orange, Academia Chinesa de Pesquisa de Telecomunicações (CATR), a Belgacom, a AT&T, a Telefónica, a TDC, Huawei, Telia Sonera e A1 Telekom Austria já se comprometeram com o novo padrão. (Da Redação, com assessoria de imprensa)

Anterior TJ do Maranhão anula sentenças contra Oi
Próximos Microsoft compra Skype por US$ 8,5 bilhões