As quatro operadoras de celular fazem acordo de roaming 4G em Brumadinho


Com esse acordo, qualquer celular das equipes de resgate e dos familiares pode se comunicar com qualquer torre de celular presente na região. Essa foi uma das medidas tomadas por Claro, Oi, TIM e Vivo para reforçar a infraestrutura de comunicação na cidade.

Garantir as comunicações das equipes de salvamento, dos bombeiros e dos familiares afetados pela tragédia do rompimento da barragem da Vale do Rio Doce em Brumadinho também é a preocupação das quatro maiores operadoras de celular – Claro, Oi, TIM e Vivo – que desde o início da tragédia deixaram a disputa competitiva de lado para  atuar em conjunto e reforçar a infraestrutura da região.

Entre as iniciativas adotadas, as quatro empresas firmaram acordo de roaming para uso da rede de quarta geração, a 4G, garantindo, assim, a comunicação de qualquer aparelho de celular em qualquer torre. Essa iniciativa foi necessária, explicam fontes do setor, porque Brumadinho era um daqueles municípios onde a chegada da tecnologia de quarta geração – que permite o acesso mais rápido à internet – ainda não era obrigatória, segundo as regras do edital da Anatel.

Conforme o SindiTelebrasil, equipes das quatro empresas foram deslocadas para a região logo após o desabamento da represa e estão trabalhando juntas. Entre as medidas adotadas pelas operadoras,  estão o reforço da cobertura na região, com o aumento da capacidade das antenas instaladas e envio de antenas móveis.

Também foram acionados geradores movidos a combustível para garantir o funcionamento das antenas em locais onde a energia elétrica foi cortada. Esses geradores estão sendo reabastecidos, quando necessário, pelas equipes de plantão das empresas, que também instalaram geradores extras. Estão oferecendo também chips e aparelhos celulares.

As empresas estão permitindo, ainda, operação integrada de todas as torres da região, de todas as operadoras, de forma a permitir a comunicação de qualquer terminal móvel em qualquer torre e otimizar a comunicação das equipes de resgate. (com assessoria de imprensa).

Anterior Inforshow monta 6 POPs para garantir internet em Brumadinho
Próximos Campelo diz que Anatel consegue provar a necessidade de redução da taxa do Fistel