As gigantes e uma pequena empresa também ganham licenças da agência


abstrata 15

Telefônica Vivo, Nextel, TIM e Ligue Telecom, que arremataram frequências no leilão realizado pela Anatel em dezembro de 2015 também tiveram hoje suas outorgas confirmadas.

A Ligue Telecom, provedor regional de serviço de internet no Paraná resolveu virar também operador de telefonia celular e comprou, por R$ 842 mil frequências de SMP de 2,5 GHz em FDD para cobrir o estado e teve hoje, 26, a outorga homologada pela agência.

A Vivo, por sua vez, ofereceu R$ 110,2  milhões pela banda de 2,5 GHz da região metropolitana de São Paulo e outros R$ 20,2 milhões pelas frequências da  região metropolitana de Porto Alegre e alguns outros municípios.

A TIM recebeu outorgas para as frequências que adquiriu em 2,5 GHz para o estado de PE e região metropolitana do Paraná, quando pagou R$ 56,5 milhões.

E a Nextel também ganhou a outorga pela faixa de 1,8 GHz para o estado de São Paulo pela qual vai pagar R$ 455  milhões.

 

Anterior Saem as outorgas do leilão de dezembro da Anatel
Próximos Telefônica registra queda de 23,2% no lucro do 2º trimestre