Artur Coimbra é indicado para o Conselho Consultivo da Anatel


O presidente Jair Bolsonaro indicou o diretor do Departamento de Banda Larga do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Artur Coimbra, para assumir a vaga do Executivo no Conselho Consultivo da Anatel. Segundo o decreto, ele vai substituir a vaga deixada por Flávio Lenz. O mandato vai até 2022.

No dia 16 deste mês, quatro dos cinco integrantes do colegiado tiveram seus mandatos concluídos. Com isso, ficou apenas a vaga do Executivo ocupada pelo ex-secretário de Telecomunicações André Borges. O mandato de Borges vai até 2021.

Faltam ainda as indicações de dois representantes do Senado Federal; da Câmara dos Deputados; das entidades de classe das prestadoras de serviços de telecomunicações; das entidades representativas dos usuários; e das entidades representativas da sociedade. O Conselho Consultivo tem 12 integrantes e só pode funcionar com um mínimo seis deles.

Anterior Bolsonaro indica evangélicos para diretoria da Ancine
Próximos Governo quer mudar PPB de cordão óptico conectorizado