Argentina autoriza Nextel a lançar 4G sem precisar comprar mais espectro


Shutterstock_Gunnar Assmy_4G_LTE

A agência reguladora argentina autorizou ontem,21, a Nextel – que naquele país é controlada pelo grupo de mídia Clarín – a reocupar as frequências de 900 e de 2,5 GHz – com a tecnologia LTE, de quarta geração, substituindo completamente o ultrapassado serviço de trunking ( rádio despacho).

Segundo o site Convergência Latina, a operadora só poderá ocupar 20 MHz da faixa de 900 MHz e 40 MHz da frequência de 2,5 GHz e terá que devolver cerca de 40 MHz de um total de 120 MHz que a empresa detinha após comprar diferentes operadoras argentinas. Poderá ocupar ainda 20 MHz para a migração do sistema pelo período de dois anos.

Para liberar o refarming (reocupação de espectro), a Enacom (regulador de telecomunicações da Argentina) publicou a resolução 1033 e 1034 na semana passada modificando a alocação dessas duas frequências para os serviços móveis. E estabeleceu também que a oferta de serviço 4G poderá ser regional ou nacional, o que beneficia a Nextel, que só possui licenças regionais.

 

Anterior Vendas mundiais de smartphones cresceram 7% no quarto trimestre de 2016
Próximos Tecnologia de TV paga mais usada nas Américas é o cabo