A árabe Star Satellite arremata a terceira posição orbital e estreia no Brasil


A Star Satellite resolveu não desistir desta vez e fez oferta de R$ 44,1 milhões pela terceira posição orbital de satélite brasileira colocada à venda pela Anatel. O ágio foi de 63% frente ao preço mínimo, de R$ 27 milhões, e ela arrematou a posição satelital brasileira, depois de uma disputa com a francesa Eutelsat.

A empresa de Abu Dhabi já tinha tentado comprar um pedaço da órbita brasileira na licitação promovida pela Anatel, em maio do ano passado, mas não conseguiu levar nada. Em 2014, embora o preço mínimo tenha sido bem menor, os lances foram mais acalorados. À  época, a  disputa foi vencida pela espanhola  Hispamar, que ganhou o direito de oferecer a banda Ku na primeira das posições licitadas ao preço de  R$65 milhões, ágio  431,8% superior ao mínimo exigido pelo governo.

Nas duas outras rodadas do ano passado duas outras posições orbitais foram arrematadas pela SES DTH, pelo valor de R$ 33 milhões uma posição, e de R$ 26,8 milhões a segunda.

Leilão atual

No leilão de agora, realizado quase um ano depois, a Telesat ficou com as duas primeiras posições orbitais –de 63º W, e pagou ágio de até 73%, com desembolso total de mais de R$ 89 milhões. A Star Satellite,que arrematou a terceira posição, vai ocupar a posição 20 W, também oferecendo a banda Ka.

A última rodada de preços será retomada no período da tarde.

 

Anterior Algar Telecom cria sistema para reduzir tempo de atendimento
Próximos Charter adquire Time Warner Cable