Aprovada a norma para certificação de transmissores da TV digital


A Anatel divulgou hoje a Norma para Certificação e Homologação de Transmissores e Retransmissores para o Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre (ISDB-T). Os parâmetros foram aprovados pelo Conselho Diretor da agência, na reunião da semana passada, com base nos resultados de consulta pública realizada entre outubro e novembro do ano passado. A norma estabelece …

A Anatel divulgou hoje a Norma para Certificação e Homologação de Transmissores e Retransmissores para o Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre (ISDB-T). Os parâmetros foram aprovados pelo Conselho Diretor da agência, na reunião da semana passada, com base nos resultados de consulta pública realizada entre outubro e novembro do ano passado.

A norma estabelece os requisitos mínimos para teste e certificação dos transmissores e retransmissores da TV digital no Brasil, incluindo largura de banda de freqüência, limites de emissões espúrias (qualquer emisão ou parte dela fora da faixa autorizada), potência de transmissão (intermodulação ou interferência gerada pelo equipamento) e a taxa de erro de modulaçâo.

A Anatel ressalta que os requisitos da norma se aplicam a todos os transmissores e retransmissores utilizados no Sistema Brasileiro de Televisão Digital, considerado de interesse coletivo.

As normas foram elaboradas pela Gerência-Geral de Certificação e Engenharia de Espectro (RCFE) da agência, depois que o tema foi amplamente discutido com os fabricantes de transmissores nacionais e internacionais, os integrantes do Comitê de Desenvolvimento do SBTVD e os representantes da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (Set) e da Associação Brasileira da Indístria Elétrica e Eletrônica (Abinee). (Da Redação, com assessoria de imprensa da Anatel)

Anterior Toshiba perde € 353 milhões na guerra de formatos de alta definição
Próximos Nos EUA, Verizon e AT&T ficam com maiores fatias do leilão de 700 MHz.