Apple vence Samsung na Justiça dos EUA


A Apple conseguiu uma vitória parcial sobre a Samsung em processo de violação de patentes em curso na Justiça dos Estados Unidos. A corte entendeu que a Samsung copiou o design do iPhone em seus smartphones, confirmando as acusações da empresa da maçã.

Mas, diferentemente do que pedia a Apple, o tribunal decidiu que a cópia não foi integral, mas de partes do desenho industrial do aparelho. O tribunal de apelações, para onde o caso foi levado após recurso da Samsung em derrota anterior, decidiu que a aparência geral de um celular não pode ser protegida. Com isso, pediu que fossem refeitos os cálculos para pagamento de multa por parte da sul coreana. Em decisão anterior, a multa chegava a US$ 930 milhões. O valor agora será reduzido.

Além da Samsung, outra empresa da cadeia de smartphones, chamada Suwon, sul-coreana, também teria que arcar com a multa. Segundo a Samsung, lhe caberia arcar com US$ 382 milhões da cobrança, enquanto a Suwon pagaria US$ 548 milhões, pelos valores não revistos.

Segundo a Bloomberg, agora resta apenas um processo entre Apple e Samsung para ser julgado nos Estados Unidos, envolvendo uso de tecnologias patenteadas pela Apple no smartphone topo de linha da sul-coreana, o Galaxy S. A companhia de Cupertino pede a retirada de funções do aparelho da concorrente que estariam sendo usados sem licenciamento. Outros processos instaurados nos últimos cinco anos foram retiradas, por ambas as empresas, após múltiplos acordos.

Ações em alta
A Apple não para de subir no mercado acionário dos EUA. Hoje mesmo um dos maiores investidores privados, Carl Icahn, enviou uma carta aberta a Tim Cook, o CEO da fabricante, afirmando que os papéis estão sendo comercializados a preço de banana. De acordo com o bilionário, as ações da Apple deveriam custar US$ 240 hoje – o valor é quase o do patamar corrente, de US$ 130.

Para o investidor, Cook deveria recomprar o que fosse possível das ações disponíveis no mercado, antes que o preço suba. Ele afirma que, uma vez que a Apple entre nos mercados de TV e de carros, o que é provável, o valor da empresa deverá se multiplicar rapidamente. Somados, estes mercados movimentam cerca de US$ 2,1 trilhões por ano. (Com agências internacionais)

Anterior Telefónica participa com US$ 200 milhões de fundo para inovação
Próximos Uber, Baidu e Apax Partners farão lance conjunto por divisão de mapas da Nokia