Apple perde batalha contra iFone, do México


A mexicana iFone ganhou batalha legal contra a Apple, que pretendia proibir a empresa de usar uma marca foneticamente igual à sua para smartphones. A empresa iFone começou a funcionar em 2002 e registrou a marca em 30 de abril de 2003 no Instituto Mexicano de Propriedade Industrial (IMPI), quatro anos antes da invenção do iPhone, da Apple.

Em 2009, a Apple pediu ao IMPI a nulidade do nome da marca iFone. Em 25 de outubro passado, a justiça mexicana negou o pedido da empresa fundada por Steve Jobs. Agora, em nova instência, o pedido a negativa foi reforçada.

A Apple também enfrentará uma batalha para tentar reaver a marca do smartphone no Brasil, onde a Gradiente registrou a marca iPhone no ano 2000. No dia 2 de janeiro de 2008, a companhia teve seu registro concedido pelo órgão federal e passou a deter os direitos exclusivos de produção e comercialização dessa marca até 2018. (Da redação, com agências internacionais)

Anterior Receita da Telecom Itália cai, apesar de alta na Argentina e Brasil
Próximos Cai lucro da América Móvil. No Brasil, Claro perde receita. NET e Embratel diminuem Ebitda