Apple estuda usar apenas modems 5G feitos pela Intel em 2020


A Apple pretende lançar seu primeiro, ou primeiros, iPhones compatíveis com redes 5G apenas em 2020. Também estuda usar modems apenas de um fornecedor: a Intel. Segundo o site Fast Company, as empresas precisam resolver problemas de aquecimento dos modems.

Os modems 5G para smartphones precisarão acessar redes baseadas no espectro de ondas milimétricas. Isso, somado a uma quantidade muito maior de transistores para realizar os cálculos necessários às conexões mais rápidas, resulta em um chip cujo calor produzido pode ser percebido na parte externa do celular. Mais calor também significa uso ineficiente de energia, e consumo mais acelerado da bateria.

Modelo

A intenção da Apple é usar o modelo 8161 5G produzido pela Intel. Até o lançamento, a empresa espera que os problemas com geração de calor sejam resolvidos. A empresa, diz fonte do site, identificou problemas semelhantes também no chip X50, produzido pela Qualcomm, e cogitou até usar componente da Mediatek. Esta saída, no entanto, é considerada pouco provável.

Seja qual for o modelo escolhido, se vê que a Apple não aparenta pressa. A maioria das fabricantes de smartphones vai apresentar celulares 5G já no começo de 2019. Também no próximo ano operadoras norte-americanas e asiáticas vão implementar suas redes de quinta geração, abrindo a janela de oportunidade para quem já estiver preparado para atacar tal mercado. A empresa da maçã, no entanto, só mostraria o seu no final do ano.

Anterior Para Quadros, ausência de políticas públicas atrasa o setor
Próximos ABDI vai destinar R$ 4,8 milhões a startups com projetos em indústria 4.0