Angola Cables faz acordo com FiberLight para vender capacidade do cabo Monet nos EUA


Instalação do cabo submarino Monet
Instalação do cabo submarino Monet

A Angola Cables anunciou hoje, 13, que fechou acordo com a FiberLight, provedora de atacado nos Estados Unidos. O negócio prevê que a empresa angola tenha acesso à rede da Fiberlight para levar os serviços do cabo Monet para além da landing station em Miami.

“A conexão com a FiberLight vai permitir à Angola Cables entregar soluções e serviços de modo confiável e de alto nível para além do ponto de terminação do cabo Monet no Data Center MI3 Equinix em Boca Raton, ao Data Center MI1 Equinix em Miami, na Flórida”, diz Antonio Nunes, CEO da Angola Cables.

A FiberLight tem 26 mil pontos de acesso nos EUA, através dos quais fornece serviços Ethernet, IP, e de transporte de dados para operadoras, ISPs e provedores de conteúdo. O cabo Monet conecta Estados Unidos ao Brasil. Aqui, passa pelas cidades de Fortaleza e chega a São Paulo. Tem capacidade de 64 Tbps e cerca de 10 mil km de extensão. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Telefônica vai apresentar proposta de redução do TAC
Próximos TCU vê indícios de infração à norma legal no episódio da suspensão da venda de chips pela Anatel