Android chegará a relógios ainda este ano, diz Google


O Google anunciou nesta terça-feira (18) o projeto Android Wear, para levar o sistema operacional móvel da gigante de tecnologia a dispositivos usáveis. O primeiro dispositivo do projeto é um relógio.

A estratégia do Google para smartwatchs, como essa classe de dispositivos móveis vem sendo chamada mundo afora,  será a mesma que se provou bem sucedida em smartphones: oferecer o sistema operacional gratuitamente a diversos fabricantes de dispositivos eletrônicos de consumo.

No anúncio de hoje, o Google disse estar trabalhando com a Asus, HTC, LG, Motorola e Samsung e com as fabricantes de chipsets Qualcomm, Intel, MediaTek, Imagination, Broadcom. Ainda, algumas marcas de design já estariam trabalhando em modelos. O Google citou a Grupo Fossil. A expectativa é de um lançamento ainda este ano. A Motorola prometeu seu equipamento o Moto 360, para o verão no hemisfério norte (inverno no Brasil), com lançamento previsto para começar nos Estados Unidos.

A companhia criou, no site para desenvolvedores, uma seção dedicada a instrui-los sobre como adaptar aplicativos para notificações nos relógios inteligentes, de forma a preparar o ecossistema para os lançamentos futuros. Muitos dos aplicativos, porém, vão funcionar normalmente na plataforma adaptada para relógios, afirma o Google, o que pode ser uma vantagem competitiva importante, caso a promessa se concretize. A companhia, no entanto, divulgará APIs em breve.

Anterior Oi teria carta compromisso de 14 bancos para aumento de capital
Próximos Anatel já tem data para a abertura das propostas do leilão de 700 MHz: 12 de agosto