A Ancine vai firmar parcerias com órgãos e entidades públicas estadual, municipal e do Distrito Federal, com a finalidade de desenvolver o setor audiovisual local a partir do lançamento de ações conjuntas. Ao todo serão investidos de forma complementar R$ 90 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). A chamada pública foi aberta nesta quarta-feira (8) e prevê a destinação de até R$ 15 milhões por estado em desenvolvimento de projetos, produção e comercialização de obras audiovisuais, produção de jogos eletrônicos, produção de festivais e ações de capacitação.

Nesta quinta edição da linha, a proporção de investimento do FSA aumentou. Para os órgãos e entidades das Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, o FSA complementará até cinco vezes os valores aportados. No caso dos órgãos e entidades da Região Sul e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, a proporção é de até quatro vezes e para os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, até três vezes. Destaca-se ainda que no caso de municípios que não sejam capitais, a proporção poderá ser incrementada em até uma vez.

Os órgãos e entidades interessados em contar com os recursos complementares oferecidos pelo programa deverão enviar as propostas de complementação, incluindo os formulários e documentos listados no site da agência; para o escritório central da Ancine, por serviço de encomenda expressa com aviso de recebimento (AR), ou entregues por portador, em envelope lacrado, seguindo as orientações dispostas no Edital.(Com assessoria de imprensa)