Ancine quer regular publicidade nos canais obrigatórios da TV paga


(Crédito: Shutterstock/Eleana)
(Crédito: Shutterstock/Eleana)

A Ancine publicou  hoje, 23, a sua agenda regulatória para o período 2017-2018, que irá atuar em seis segmentos: distribuição cinematográfica; exibição cinematográfica; TV paga; financiamento do setor audiovisual; mediação de conflitos e ordem econômica.

No segmento da exibição cinematográfica, a agência pretende agir para “mitigar potenciais riscos ao setor audiovisual gerados pelo advento das tecnologias que permitem a distribuição de filmes ao segmento de salas de exibição diretamente do exterior para o país via satélite”.

Já no de TV paga, pretende regulamentar os canais de distribuição obrigatória no que se refere ao credenciamento das programadoras e à veiculação de publicidade nesses canais.

Leia aqui a íntegra da agenda da Ancine. 

Anterior Deputados tentam acordo com teles em projeto contra franquia de dados
Próximos Dados serão parte do valor das empresas em cinco anos, prevê Gartner