Anatel vai continuar a monitorar o equilíbrio econômico da Sercomtel


No estudo sobre o equilíbrio econômico-financeiro da concessão de 2013 da operadora Sercomtel, a agência reguladora aponta “ausência de indícios de deteriorização da concessionária”. O relatório, que foi aprovado na última reunião do conselho diretor, indica, porém, a necessidade de a agência continuar a monitorar a empresa no período de 2014.

Devido a difícil situação da empresa, a Anatel havia decidido, em 2013, adotar três medidas para sobre o desempenho econômico-financeiro da Sercomtel: a) acompanhamento das ações de reestruturação e fortalecimento das condições econômicas; b) Ações de fiscalização sobre a continuidade das operações da concessão; e c) estabelecimento de métricas para a avalição das condições da concessionária.

A área técnica considerou satisfatória as medidas adotadas pela operadora de Londrina, que, entre outras, concluiu a incorporação das operações móveis; executou o programa de desligamento voluntário e encerrou as operações de TV por assinatura em Maringá.

Em relação ao desempenho do ano passado, a agência entende que o monitoramento das ações devem continuar e que “na hipótese de constatada situação que demande medidas de outra natureza além do simples acompanhamento que sejam eventualmente coercitivas sobre a concessionária encaminhem suas proposições a este Conselho Diretor, nos moldes previstos pelo Regimento Interno da Agência, com a maior brevidade possível”.

 

Anterior Mdic pensa em novos financiamentos para a inovação de pequenas empresas tradicionais
Próximos Ancine não pode obrigar Sky a vender canal jornalístico nacional avulso