Anatel vai considerar aumento da largura de banda na 3,5 GHz


Embora a consulta pública 54, que trata da regulamentação do uso da faixa de freqüência de 3,5 GHz tenha recebido poucas contribuições até agora, uma parte das sugestões propõe a alteração da largura de banda, limitada em 30 MHz na consulta. "Algumas contribuições são no sentido de que se altere essa largura e Anatel vai …

Embora a consulta pública 54, que trata da regulamentação do uso da faixa de freqüência de 3,5 GHz tenha recebido poucas contribuições até agora, uma parte das sugestões propõe a alteração da largura de banda, limitada em 30 MHz na consulta. "Algumas contribuições são no sentido de que se altere essa largura e Anatel vai considerar", antecipou hoje Maximiliano Martinhão, gerente geral de certificação e espectro da Anatel, no WiMAX Forum, que se realiza no Rio de Janeiro. "O pedido será considerado no conjunto das contribuições", esclareceu Max.

Encerrado o prazo de cosulta pública, no dia 5 de janeiro, as contribuições serão analisadas e irão para deliberação do conselho. O leilão, no entanto, só ocorrerá depois da regulamentação do uso dessa faixa pela Anatel e do parecer do TCU (Tribunal de Contas da União) que precisa analisar o processo para que seja puplicada a consulta pública do edital.

* A jornalista viajou a convite da Alcatel-Lucent

Anterior Mobilidade restrita na 3,5 GHz domina os debates no WiMAX Forum
Próximos Argentina deve anunciar ainda este ano o padrão nipo-brasileiro de TV digital