Anatel registra 2,1 milhões de queixas contra serviços de telecom em 9 meses


De janeiro a setembro deste ano, a Anatel recebeu 2,1 milhões de reclamações de consumidores contra serviços de telecomunicações. Questões envolvendo cobranças ainda é o principal motivo das queixas dos usuários, com 31% das ocorrências, mas a insatisfação com a qualidade dos serviços cresceu e já representa 26% das causas dos registros. Na banda larga fixa, por exemplo, já responde por 56% dos protestos de clientes do serviço.

De acordo com as informações postadas no Portal do Consumidor, da Anatel, 41% das reclamações registradas na agência de janeiro a setembro dizem respeito à telefonia celular, com 893,7 mil anotações. Esse número é proporcionalmente menor que as 699,4 mil ou 32% do total de queixas contra o serviço de telefonia fixa, que tem muito menos assinantes que a móvel – de 45,8 milhões ante 277,4 milhões de celulares ativos.

No terceiro lugar, estão os registros contra a banda larga fixa, que representam 16% do total de reclamações. Esse serviço conta com 23,4 milhões de assinantes e recebeu 335,4 mil anotações entre janeiro e setembro. Em quarto lugar está o serviço de TV por assinatura com 19,3 milhões de usuários, que gerou 202,8 mil contestações no período, o que representa 11% do total de registros. Outros serviços renderam 21,9 mil anotações.

Anterior Maioria dos internautas brasileiros vê risco em compras online
Próximos Iniciativa NETmundial continuará debate sobre governança da internet