Anatel recebeu 3,9 milhões de reclamações no ano passado. Queda de 4%


shutterstock_ Aaron Amat_telefonia_celular_anatel_consumidor_

Em 2016, a central de atendimento da Anatel  registrou 3,9 milhões de reclamações dos consumidores de serviços de telefonia móvel, fixa, banda larga fixa e  TV por assinatura. O número representa uma redução de 4%  ou 176,5 mil das queixas em relação ao ano anterior, quando o total atingiu 4,1 milhões. As principais reclamações foram relativas a cobrança, qualidade, e cancelamento dos serviços.

Houve aumento de 1,9% das reclamações relativas a telefonia móvel em 2016 se comparado ao ano anterior e de 25,8% dos chamados “outros serviços”, como os de  trunking e radioamador.  Mas as queixas em relação a telefonia fixa  caíram 8,6%;  da banda larga fixa, 8,4%;  e TV por assinatura, 12,5%.

Do total de reclamações, 47% ou 1,8 milhões foram em relação a telefonia móvel; 24,1% ou 943,8 milhões a telefonia fixa; 14,9%  ou 581,1 milhões banda larga fixa; e 13,1% ou 511,1 milhões TV por assinatura.

Outorgas

A Anatel emitiu mais de 14,5 mil outorgas de serviços de telecomunicações e concedeu 165,7 mil licenciamentos de estações de telecomunicações no ano passado. Com a implantação do novo sistema de outorgas, denominado Mosaico, houve uma redução no tempo médio para obtenção das autorizações, que no caso da banda larga fixa, caiu de 90 para 11 dias úteis; e na telefonia fixa, de 11 meses para 25 dias úteis. ( assessoria de imprensa). 

Anterior Anatel fechou 2016 com menos de R$ 100 milhões para custeio e investimento
Próximos Telefónica próxima de vender parte de empresa de infraestrutura

2 Comments

  1. Ibraim
    10 de Fevereiro de 2017

    Diminuiu não porque melhorou, mas porque o povo cansou da não solução. Eu mesmo cansei. Essa ferramenta da Anatel se tornou obsoleta porque a agência não acompanha as repetidas respostas sem sentido e sem objetividade das operadoras, que fazem com que o cliente seja vencido pelo cansaço. E sem solução. E tem mais um motivo para a queda: o site consumidor.gov.br que é MUITO mais efetivo.

  2. 14 de Fevereiro de 2017

    Olá. Infelizmente o descaso com o consumidor ainda é grande. As operadoras mantém seus canais de atendimentos deficitários. A aberturas de reclamações/protocolos muitas vezes induz o cliente a desistir. A Anatel não consegue atender a demanda e as vezes mais parece cúmplice das operadoras. Somos uma empresa de gestão de contratos de telefonia e atendemos somente empresas e vimos que esse processo é desgastante para o cliente que as vezes opta pela portabilidade e acaba até se arrependendo porque a anterior era uma pouco melhor !! Mais informações acesse http://www.consultoriamovel.com.br. Obrigado.