consumidor-pessoa-ideia-pensamento-busca-carrinho-de-mercado-codigo-de-barra-cidade-e-commerce-ondas-frete-transmissao-frequencia-dinheiro-valorA Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou hoje, 09, no Diário Oficial da União as novas tarifas da telefonia fixa a serem usadas pelas concessionárias Oi, Telefônica, Sercomtel e Algar. Os valores cobrem todos os estados tipos de ligações, como chamadas com tarifa diferenciada, normal, reduzida ou super-reduzida.

Além de corrigir as tarifas, a agência também modificou os valores mínimos da habilitação residencial, da assinatura, mudanças de endereço, entre outros serviços. O reajuste será feito de acordo com a data-base de dezembro de 2015 para a Telefônica, janeiro de 2016 para a Sercomtel, e fevereiro de 2016 para Oi e Algar.

Pela nova tabela, a Oi poderá aumentar os preços em até 2,957%. A Sercomtel, em até 2,939%. A Algar, em 2,224%. E a Telefônica, em 2,278%. O reajuste dos planos básicos das concessionárias atinge unicamente os usuários que aderiram a estes planos. De acordo com dados de junho, representam 25,30% dos usuários da Oi; 9,64% dos da Telefônica; 8,60% dos da CTBC Telecom e 7,87% dos da Sercomtel.

A Anatel também divulgou o novo valor do crédito do orelhão e do Terminal de Acesso Público (TAP) na modalidade local das concessionárias Oi e Telemar S.A, Sercomtel, Algar Telecom e Telefônica no valor de R$ 0,133.