Anatel quer ouvir sociedade sobre alterações no regimento interno


Foto: Sinclair Maia/Anatel

A Anatel abriu, nesta quinta-feira, 25, consulta pública da proposta de alteração do regimento interno da autarquia. As mudanças tratam de distribuição de matérias após o término de mandato de conselheiro; distribuição de matérias por prevenção; apresentação de ressalva de fundamentação em reunião do Conselho Diretor e reapresentação de matérias em sede de vistas ou de diligências, após o término do mandato do conselheiro visitante ou de quem solicitou a diligência.

Prevê também alteração na competência para juízo de admissibilidade recursal para decidir, em grau recursal, acerca de Procedimentos de Apuração de Descumprimento de Obrigações referentes ao óbice às atividades de fiscalização e a irregularidades técnicas constatadas em fiscalização nas estações de telecomunicações e de radiodifusão. As contribuições poderão ser feitas até o dia 9 de agosto.

O objetivo das mudanças é de aprimorar os procedimentos internos da agência. Na proposta não foi incluída a previsão de que os conselheiros pudessem exercer outra atividade profissional, como sugeriu a Ouvidoria da autarquia.

PUBLICIDADE

 

Anterior TCU quer Anatel fiscalizando a cobrança de roaming internacional
Próximos Nokia fatura mais no 2º trimestre graças à 5G, mas tem prejuízo