Anatel prevê investimentos em telecom de R$ 250 bi até 2018


A Anatel prevê investimentos de R$ 250 bilhões de empresas do setor de telecomunicações nos próximos dez anos, em expansão, compra de outorgas e melhoria dos serviços. A expectativa é do superintentende de Serviços Privados da agência, Jarbas Valente, que apresentou hoje as metas a serem alcançadas com a atualização do marco regulatório – o …

A Anatel prevê investimentos de R$ 250 bilhões de empresas do setor de telecomunicações nos próximos dez anos, em expansão, compra de outorgas e melhoria dos serviços. A expectativa é do superintentende de Serviços Privados da agência, Jarbas Valente, que apresentou hoje as metas a serem alcançadas com a atualização do marco regulatório – o PGR, que entrou hoje em consulta pública.

As projeções da Anatel para os serviços prevêem em torno de 260 milhões de acesso do SMP (celular) em 2018, contra os mais de 130 milhões previstos para este ano. Desse total de acesso previsto, 125 milhões serão de banda larga. Hoje, o uso de banda larga no celular  não chega a um milhão.

O acesso ao STFC (telefone fixo), pelas contas da Anatel, deverá subir dos atuais 41 milhões para em torno de 53 milhões, em 2018. E o acesso a banda larga subirá de 18 milhões atuais para mais de 160 milhões nos próximos dez anos.

A Anatel incluiu nessa estimativa o crescimento do acesso à TV por assinatura, hoje em pouco mais de cinco milhões, para 18 milhões de assinantes em 2018.

Segundo Valente, os investimentos previstos serão superiores aos R$ 180 bilhões que foram desembolsados desde 1997, desde o processo de privatização do setor. Para isso, a Anatel conta com a implementação das ações de curto, médio e longo prazos, previstas no PGR (Plano Geral da Atualização da Regulamentação das Telecomunicações).

Anterior Na Alcatel-Lucent, emergentes crescem acima da média.
Próximos Alcatel-Lucent quer parcerios nacionais mas é contra reserva de mercado