Anatel não foi notificada sobre interferência nos voos paulistas


A notícia de que três aviões teriam sido desviados do aeroporto de Congonhas para os aeroportos de Viracopos (Campinas) e Cumbica por interferência de rádios piratas ainda não foi confirmada pela Anatel. Segundo o presidente da agência, Ronaldo Sardenberg, até o início da manhã, a agência não havia sido notificada por qualquer instituição ou representação …

A notícia de que três aviões teriam sido desviados do aeroporto de Congonhas para os aeroportos de Viracopos (Campinas) e Cumbica por interferência de rádios piratas ainda não foi confirmada pela Anatel. Segundo o presidente da agência, Ronaldo Sardenberg, até o início da manhã, a agência não havia sido notificada por qualquer instituição ou representação governamental sobre o problema. "Assim que soube da notícia, mandei a fiscalização da Anatel em São Paulo apurar o que aconteceu. Mas estranho que ela não tenha sido notificada, diante da gravidade da denúncia", afirmou Sardenberg.

Ele salientou que a agência precisa de mais recursos para concluir a instalação dos equipamentos de monitoramento de frequência nos aeroportos brasileiros. São necessários R$ 26 milhões para a instalação dos equipamentos em 33 aeroportos no Brasil. Até agora, a agência conseguiu instalar os equipamentos em sete aeroportos. "Precisamos de recursos para acelerar essa implementação", concluiu.

Anterior Anatel prorroga consulta do PGMU por mais 21 dias
Próximos LG não vai transferir produção do México para o Brasil