Anatel mantém posição de votar contra proposta da Oi na assembleia


Juarez-Quadros-02

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, afirmou hoje, 15, que o representante da agência continuará com a posição de votar contra a proposta de recuperação judicial apresentada pela Oi, na assembleia de credores marcada para o próximo dia 19, terça-feira.

“A posição da Anatel é aparecer na assembleia e a orientação é votar contra o que vai ser apresentado”, afirmou ele.

A AGU, que firmou o acordo com a Oi de apoio à proposta de renegociação da dívida (com corte de  50% no valor, diluição de mais de 75% dos acionistas e investimentos de R$ 4 bilhões) entende que não há mais qualquer necessidade de novas medidas legais, pois a questão da dívida com a União já estaria resolvida por outros atos legais.

Para a Anatel, contudo, a redução do montante da dívida e o período de carência para dar início ao pagamento não estão previstos em qualquer outra lei. Se não tiver uma nova legislação que aceite essas condições, a agência entende que não poderá ser favorável à proposta na assembleia.

Até hoje,  a Procuradoria da Anatel tem um documento da AGU mandando que se vote contra qualquer proposta de RJ na assembleia de credores. Mas a AGU afirma que quem manda na procuradoria é ela própria e novos atos serão expedidos para orientar o preposto da Anatel.

Na noite desta sexta-feira, 15,  Quadros e a ministra Grace Mendonça iriam se encontrar. Deverá ser emitido um comunicado na segunda-feira sobre o que resolveram.

 

Anterior Anatel torna públicos compromissos do TAC da Telefônica
Próximos “Brasil passa a ser prioridade para Angola Cables”, diz Nunes

2 Comments

  1. Wellington Menelli
    16 de dezembro de 2017

    Essa anta mongol cria dificuldade para dizer que tem poder, é da época jurássica da Telebrás onde para falar tínhamos que pagar R$ 10 mil por um telefone de linha.

    Mas é joguinho de cena, vai votar a favor, juntamente com a AGU que muito me surpreende pois quando da proposta dos acionistas é contra votar dentro da RJ? agora tem corte de 50% nas multas e vai votar a favor porque os acionistas minoritários irão se arrebentar com uma diluição criminosa (roubo) de 90% do capital da empresa? qual o sentido de se unir a banqueiros e fundos abutres que compraram a dívida da empresa no mercado secundário por 10 a 20% do valor e trocam essa dívida podre pelo K integral da empresa.
    Está se cometendo um crime contra o mercado de K no Brasil que praticamente eliminará a confiança no sistema, pois os acionistas estarem amarrados e algemados sem poder decidir sobre a empresa é totalmente em desacordo com o sentido da lei de RJ, isso prevalecendo fará a ruina da confiança do mercado de ações no BRASIL

  2. Idal
    17 de dezembro de 2017

    fácil, venda logo, e rateia o dinheiro essa anatel serve mesmo pra que? ESTAVA fiscalizando o que? acabem com essa agência antes que ela acaba com o pouco que resta, o juíz deve ter pulso forte, e não ficar nessa brincadeira de adiamento, dê um ponto final nisso, e pronto.