Anatel envia ao Cade ato de concentração Embratel/Claro sobre VipNet


A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) enviou ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a instrução do ato de concentração entre a Embratel e a Claro, depois de cinco anos de análise. A matéria trata de acordo comercial entre as duas operadoras de compra de um produto – o VipNet -, que transforma os celulares …

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) enviou ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a instrução do ato de concentração entre a Embratel e a Claro, depois de cinco anos de análise. A matéria trata de acordo comercial entre as duas operadoras de compra de um produto – o VipNet -, que transforma os celulares empresariais em ramais, realizado em 2004. O produto foi oferecido pela Embratel a todas as operadoras móveis, mas somente a Claro aderiu.

A operação foi aprovada pelo Conselho Diretor da agência com restrições, para que seja assegurada aos usuários do serviço de redes de comunicação corporativa com ramais fixos e móveis a possibilidade de integrar à sua rede corporativa acessos móveis de qualquer prestadora; bem como, estabelecer que o valor da remuneração pelo uso da rede do Serviço Móvel Pessoal – VU-M (interconexão), cobrado pela Claro, seja idêntico para todas as prestadoras.

O encaminhamento do ato de concentração ao Cade foi publicado na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União. (Da redação)

Anterior Faturamento da Blue Coat aumenta 46%
Próximos O avanço dos radiodifusores em direção à internet