Anatel emite cautelar e volta a aceitar localizadores da 3M


O conselho diretor da Anatel aprovou ontem, 21, uma medida cautelar para voltar  a aceitar os equipamentos localizadores de ativos enterrados da 3M cuja certificação havia sido cancelada com a publicação da Resolução 680, que trata das regras de certificação dos equipamentos de radiação restrita.

Segundo o representante da empresa, Marcelo Gandur,  a 3M comercializava e usava estes equipamentos, da linha Dynatel,  para localizar cabos de telecomunicações em todo o país. Mas, com a resolução publicada, a empresa não conseguiu mais homologar a nova linha de produtos, o que inviabilizou a manutenção e gerou também o desestímulo para a instalação dos marcadores nos cabos. Conforme o executivo, existem hoje mais de 20 mil marcadores subterrâneos.

A Anatel reconheceu que a norma publicada tinha cometido um equívoco em relação a esses produtos, emitiu a cautelar em favor da empresa e determinou que o regulamento de Radiação Restrita seja renovado no prazo de 30 dias.

Anterior BRPhotonics vende ativos e encerra atividades
Próximos Empresa defende cautela antes do governo regulamentar IoT