Anatel desiste de liberdade tarifária para ligações locais do STFC


A Anatel arquivou a proposta de submeter o regime de liberdade tarifária para as concessionárias, na modalidade local, por falta de ampla e efetiva competição. Com isso fica mantida a atual regulamentação.

No ato publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 6, a agência afirma que o arquivamento atende à recomendação da Superintendência de Planejamento e Regulamentação. A proposta estava prevista na Agenda Regulatória para o período de 2017 a 2018.

De acordo com a Lei Geral das Telecomunicações, a Anatel pode submeter a concessionária a esse regime se existir ampla e efetiva competição entre as prestadoras do serviço. No entanto, com base nos estudos constantes do Plano Geral de Metas de Competição (PGMC), a área técnica apontou, na Análise de Impacto Regulatório, que apenas 3,6% dos municípios do Brasil foram classificados como competitivos no mercado de voz, o que revela a falta de atendimento dos requisitos exigidos pela LGT.

A AIR concluiu que a manutenção das regras vigentes é a melhor alternativa a ser seguida. Com a decisão, o item da agenda regulatória referente ao tema foi considerado cumprido.

Anterior Para a Oi, RCS ainda precisa superar o baixo alcance
Próximos Audiência pública debate prorrogação de artigos da Lei do Audiovisual