Anatel decide amanhã compra da TVA pela Telefônica


Está na pauta da reunião de amanhã (27) do Conselho Diretor da Anatel o pedido de anuência prévia para a compra das empresas de TV por assinatura do grupo Abril pela Telefônica. Na operação, anunciada em outubro do ano passado, a operadora espanhola adquire a totalidade das ações das operações de MMDS da TVA nas …

Está na pauta da reunião de amanhã (27) do Conselho Diretor da Anatel o pedido de anuência prévia para a compra das empresas de TV por assinatura do grupo Abril pela Telefônica. Na operação, anunciada em outubro do ano passado, a operadora espanhola adquire a totalidade das ações das operações de MMDS da TVA nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre.

A Telefônica ingressará também nas operações de TV a cabo da TVA nas cidades de São Paulo, Curitiba, Florianópolis e Foz do Iguaçu. Nas operações de cabo, a Telefônica só pode adquirir 19,9% das ações ordinárias, já que a Lei do Cabo proíbe que empresas estrangeiras detenham o controle dessas operações. Mas não impede que a empresa adquira a totalidade das ações preferenciais, o que foi feito. O valor do negócio não foi divulgado.
 

A tendência da Anatel é pela aprovação dessa operação, ao contrário do que ocorreu com a oferta da Telemar/Oi, que tentou comprar a operadora de TV a cabo mineira, Way TV, e foi proibida pela agência. No caso da tecnologia MMDS (Multichannel Multipoint Distribution Service), a legislação não impõe nenhuma restrição ao capital estrangeiro. E no caso da TV a Cabo, como a empresa irá ter uma participação minoritária, seu argumento é de que não fere a Lei do Cabo. A mesma situação, já aprovada pela Anatel e pelo Cade, se deu com o ingresso da Embratel na Net. A Embratel, também concessionária de telecomunicações, é controlada por uma empresa de capital estrangeiro, a Telmex.
( Da Redação )

Anterior Vonage x Verizon: juiz sugere acordo
Próximos Minicom analisará sugestões da Câmara sobre outorgas de radiodifusão