Anatel dá mais prazo para teles cumprirem algumas regras de seu código do consumidor


cláusula é a que estabelece que as operadoras devem permitir o usuário acompanhar o seu consumo mensal dos serviços de telecom em um espaço reservado na internet. As operadoras alegaram  que devido aos seus sistemas legados, ainda da época da estatal Telebras, não conseguiriam tornar disponíveis essas informações.

A agência prorrogou o prazo para até 10 de março de 2016 para as três concessionárias de telefonia fixa e para os planos de pós-pago da Vivo e da Oi. No caso da Claro e da TIM, a agência entendeu que não havia sistemas legados.

E também decidiu conceder mais prazo para a Vivo – até 19 de novembro de 2016 – informar em suas lojas todos os planos de serviços que eram oferecidos pela GVT e vice-versa.

Anterior TV digital: teste em Rio Verde será mantido em qualquer condição, diz Rodrigo Zerbone
Próximos Novo conselheiro, Diniz, toma posse no dia 13