Anatel dá licença para Assembleia de Deus ser operadora de celular virtual na rede da Vivo


Foi publicada hoje no Diário Oficial da União a autorização da Anatel para que a Alô Serviços de Telefonia Móvel atue como credenciada de celular da rede da Vivo. Esta licença é inédita por duas razões: é o primeiro credenciamento de um MVNO (aquele que atua como revenda de chip, mas oferece serviços e tarifas próprios) e é a primeira licença de celular concedida para uma igreja. Neste caso, a Assembleia de Deus.

Foi publicada hoje no Diário Oficial da União a autorização da Anatel para que a Alô Serviços de Telefonia Móvel atue como credenciada de celular da rede da Vivo. Esta licença é inédita por duas razões: é o primeiro credenciamento de um MVNO (aquele que  atua como revenda de chip, mas oferece serviços e tarifas próprios ) e é a primeira licença de celular concedida para uma igreja. Neste caso, a Assembleia de Deus.

Esta licença de MVNO (Mobile Virtual Network Operator)  é diferente das demais já concedidas pela agência por que as exigências são muito menores. “ É uma licença light”, afirma técnico da Anatel. A Alô Serviços vai apenas revender o chip da Vivo com a sua marca, mas para uma fidelíssima clientela, os fieis de sua igreja.

Atualmente, as quatro  empresas que têm outorga de MVNO as têm sob a forma de autorizada. São a Porto Seguro e Datora (hoje conhecida como Vodafone do Brasil), que atuam na rede da TIM e da Vivo e a Terapar, que atua na rede da CTBC. A britânica Virgen também já tem sua licença para atuar no Brasil, e anunciou no ano passado que ingressaria no mercado brasileiro em fevereiro deste ano.

As autorizadas têm muito mais obrigações, pois usam as redes da incumbents, mas têm operações completamente distintas, possuindo, inclusive, numeração própria para os seus serviços. O que não é o caso desta primeira credenciada

Conforme o jornal Valor Econômico a constituição desta nova operadora de celular contou com a formulação de Ricardo Knoepfelmacher, ex-presidente da Brasil Telecom.  O mercado, salienta o executivo, é de 18 milhões de fieis, potenciais compradores do chip do novo prestador.

Anterior Oi cancela distribuição de dividendos
Próximos Google fatura US$ 18,1 bilhões no último trimestre