Anatel confirma queixas sobre deficiência de conexão à internet móvel em estádio


As queixas de dificuldades de conexão à internet móvel no estádio Mané Garrincha, feita por usuários e jornalistas durante o jogo de abertura da Copa das Confederações, no último sábado (15), em Brasília, foi confirmada hoje pela Anatel. De acordo com relatório dos fiscais, foram constatados problemas na fruição do Serviço Móvel Pessoal (SMP), a telefonia celular, que funcionou de forma intermitente.

Estes problemas serão informados a Superintendência de Acompanhamento e Controle, que tomará as providências cabíveis, informou a agência. A fiscalização nos estádios conta com pelo menos 16 funcionários da Anatel nos dias de jogos.

Além disso, a fiscalização está presente nos Centro de Gerência de Rede das operadoras de SMP com 22 fiscais durante a Copa das Confederações para acompanhar o desempenho e tratamento das ocorrências nas redes nos estádios e imediações.  Este trabalho será feito durante todos os jogos da Copa das Confederações, afirma a Anatel.

Os resultados da fiscalização nos outros estádios onde já aconteceram os jogos – o Maracanã, no Rio, e a Arena Pernambuco, em Recife – ainda não foram divulgados. Mas acompanhamento da Proteste apontou deficiências na conexão 3G de internet móvel no estádio no Rio.

As queixas são concentradas na tecnologia 3G, em função da baixa adesão à 4G. De acordo com informações dadas pelo SindiTelebrasil na semana passada, o maior número de antenas instaladas pelas operadoras foi no estádio Mané Garrincha, onde 85% do projeto estavam concluído no último dia 10. No Maracanã, a taxa de instalação dos equipamentos era de 68%, enquanto na Arena Pernambuco estava em 57% no mesmo dia.

O sindicato disse que as operadoras ainda não se manifestaram sobre as reclamações.

Anterior GVT investe R$ 600 mil e inicia operação no Recife antigo
Próximos Karim Michel é novo CEO da empresa de satélite SES