Anatel confirma multa de R$ 30 milhões à A.Telecom


O Conselho Diretor da Anatel manteve, na reunião desta quinta-feira (23), a multa no valor de R$ 30 milhões à A.Telecom, empresa subsidiária da Telefônica, por prestação clandestina de serviço de telefonia fixa. O recurso apresentado pela empresa, e defendido oralmente, de que atendia apenas a usuários confinados numa mesma unidade predial, foi negado.

Segundo o relator, conselheiro Leonardo de Morais, a fiscalização comprovou que o serviço estava ligado a outros prédios, por meio do que a própria empresa chamou de rede virtual. Além disso, a fatura aos usuários é semelhante ao que é cobrado por uma empresa regular do STFC. Além da multa, a A.Telecom fica proibida de fornecer o serviço.

Oi

Na mesma reunião, foi aprovada uma multa de R$ 18 milhões à Oi, por descumprimento de dispositivos do Plano Geral de Metas para a Universalização (PGMU).

Anterior Anatel aprova novas regras para uso de frequências por radioamadores
Próximos Pedido de parte da faixa de 700 MHz pelo Exército é negado pela Anatel

2 Comments

  1. Gerson
    24 de agosto de 2018

    A VIVO NÃO INVESTE EM FIBRA EM CARAGUATATUBA -SP ESTAMOS NA ERA DO SPEED DE 1MEGA DA ÉPOCA DA TELESP!!! A POPULAÇÃO DE CARAGUATATUBA NÃO AGUENTA MAIS TANTO DESCASO .

  2. Luiz Alfredo
    25 de agosto de 2018

    Caro colega do comentário acima, ate compreendo sua queixa, mas devemos entender que a matéria abrange o serviço telefônico comutado (telefonia fixa), tão e somente. No mais, ao serviço de banda larga, posso dizer que tens sorte: onde eu moro, a referida prestadora não oferece nem o serviço de internet fixa. Conselho: se houver outras alternativas: rádio, MMDS, ou fibra de outras empresas, as procure pois somente com a queda de clientes a empresa se sensibilizará ao atendimento. No meu caso, ainda tenho de esperar alguma chegar por aqui, que seja até mesmo a da anatel que as operadoras estão acionando em litigio questionando sobre o que não tange ao modelo de funcionamento, mas sobre suas perdas….