Anatel confirma desvinculação da Telefonica e TIM Brasil


Finalmente foi concluído hoje o processo de anuência prévia iniciado em 2007, quando a operadora espanhola, Telefonica, passou a controlar a holding Telco, que controla a Telecom Italia. Por quatro votos a um (o conselheiro Plinio de Aguiar votou contra), a Anatel reconheceu haver a "total desvinculação" da Telefonica e da TIM Brasil. "Essa decisão …

Finalmente foi concluído hoje o processo de anuência prévia iniciado em 2007, quando a operadora espanhola, Telefonica, passou a controlar a holding Telco, que controla a Telecom Italia. Por quatro votos a um (o conselheiro Plinio de Aguiar votou contra), a Anatel reconheceu haver a "total desvinculação" da Telefonica e da TIM Brasil. "Essa decisão confirma que a nossa escolha de apostar no Brasil e continuar a aqui investir, para crescer no mercado, foi correta", afirma executivo da TIM Brasil.

A Anatel já se manifestou sobre o caso no ano passado, estabelecendo diversos condiconamentos para assegurar que a Telefonica não passasse a decidir sobre questões que envolvessem a Tim Brasil, já que ela possui uma competidora no mercado brasileiro, em parceria com a Portugal Telecom, que é a Vivo. Na decisão de hoje, a agência aprovou as medidas extras popostas pela TIM, para comprovar a "total desvinculação" das duas empresas, e estabeleceu novos condicionantes. Entre eles, o de ampliar a proibição de participação de representantes da Telefónica em mais empresas que têm contato com a TIM Brasil e não apenas na operadora de celular. 

Anterior Fundos de pensão resgatam direito de voto na Oi
Próximos A Huawei agora quer o mercado corporativo e o setor público