Anatel conclui mapeamento de bens reversíveis da Sercomtel


A Anatel já concluiu o levantamento de todos os bens reversíveis usados pela Sercomtel, concessionária paranaense que passa por um processo de caducidade de outorgas. Conforme o presidente da agência, Juarez Quadros, são 15 edificações recheados com equipamentos de rede.

“A fiscalização da agencia já fez o levantamento e etiquetou, estão sob controle”, disse a jornalistas após palestra na Futurecom 2018.

Ainda é cedo, porém, para definir o preço que os bens teriam. Assim como estimar qual o valor de uma nova licitação da concessão da Sercomtel para um novo administrador. “Não será o valor dos bens, mas o valor do negócio. Tem que ver a oportunidade, o momento econômico e político do país para chegar em um novo valor”, ressaltou.

No momento, a Anatel está recebendo contribuições para a minuta do edital de licitação da concessão de a autorização hoje detidas pela Sercomtel. Consulta esta que ficará aberta por 30 dias. Segundo Quadros, a agência terá um edital pronto para quando o processo de caducidade for concluído. “Em um modelo que serviria para todos os casos de caducidade”, falou.

Anterior Atendimento ao consumidor da Nextel obtém resultados positivos com novo ambiente digital
Próximos Quadros: "faltam políticas públicas para os dias que virão"