Anatel aprova conversão de outorgas de TV da Oi para SeAC


A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta quarta-feira (14) a adaptação das outorgas de TV paga da Oi  para o novo Serviço de Acesso Condicionado (SeAC). A operadora tem outorga nacional de DTH e outorgas de TV a cabo nas cidades mineiras de Belo Horizonte, Barbacena, Poços de Caldas e Uberlândia. A Oi terá de pagar R$ 45 mil pelas cinco novas outorgas.

A agência alertou que, em relação às outorgas para prestação de serviço de TV a cabo nos municípios mineiros de Barbacena, Belo Horizonte e Poços de Caldas, não foram atingidas as metas 2ª e 3ª de cobertura (home passed) estabelecidas pela regra da licitação.. No caso de Uberlândia (MG), nenhuma das metas de cobertura foram atingidas. Isso significa que, para todas estas localidades, existem obrigações referentes à cobertura exígives no momento de consolidação da outorga.

A Oi ganhou 18 meses para consolidar essas outorgas de TV a cabo em uma única licença e atender as metas de cobertura estabelecidas, ou vender estas licenças. (Da redação)

Anterior Telefônica/Vivo lança solução de segurança para pequenas e médias empresas
Próximos Vendas mundiais de smartphones cresceram 47% no terceiro trimestre