Anatel autoriza aumento do capital social da Claro


O conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou hoje por quatro votos a favor e um contrário novo aumento do capital social da Claro, dando anuência prévia à transferência para a Claro Telecom S.A. das ações da Americel S.A. Condiciona a aprovação a apresentação de certidões de regularidade fiscal junto às fazendas Nacional, Estaduais e distrital ou municipais.

A Americel é uma operadora de capital aberto que cobria a região Centro-Oeste, além de Tocantins e Acre, e foi uma das várias empresas que teve sua atividade de telefonia móvel transferida para o grupo América Móvel para formar Claro. Se tornou subsidiária do grupo em 2012, de capital fechado, ao fim de disputas com o BNDES. Continua existindo como empresa de SCM do grupo.

Votou contra o conselheiro Aníbal Diniz, não por ser contrário à capitalização, mas por rechaçar a exigência de atestado de regularidade fiscal  em processos de aumento de capital quando não há alteração da composição acionária. Ele reiterou sua posição, já manifesta em outras ocasiões, por considerar desnecessária tal exigência.

Anterior Anatel aprova o fim do regulamento do cartão indutivo
Próximos Anatel diz que dívida da Oi é mais de R$ 20 bi e não aceita entrar na lista da recuperação judicial