Anatel abre 3 consultas públicas para revisar requisitos técnicos de produtos


A Anatel abriu, nesta quarta-feira,3, três consultas pública com propostas de atualização de requisitos técnicos aplicáveis à avaliação de conformidade de produtos. O prazo de contribuição para as três tomadas de subsídios é de 10 dias.

A primeira delas, de número 27, trata do cabo coaxial flexível de 75 ohms com trança de fios de alumínio. A de número 28 é sobre procedimentos de ensaio aplicáveis à avaliação da conformidade do produto Caixa Terminal Óptica Subterrânea. E a de número 29 versa sobre a atualização dos requisitos técnicos e procedimentos de ensaio aplicáveis à avaliação da conformidade do produto Caixa Terminal Óptica Aérea.

Requisitos

De acordo com informe da agência, os cabos coaxiais representam um importante meio de transmissão de sinais de telecomunicações, além de possuírem grande capacidade de transmissão de sinais e são muito utilizados na distribuição de vários serviços de telecomunicações. Esses cabos são muito utilizados em soluções internas de cabeamento para serviços de televisão por assinatura (atualmente abrangido pelo Serviço de Acesso Condicionado – SeAC).

Com o aumento da resolução das imagens transmitidas pelas geradoras de conteúdos, consequentemente há uma utilização maior da capacidade dos cabos coaxiais, onde se observa uma grande utilização das frequências mais altas e uma menor utilização dos sinais em frequências mais baixas do espectro. As alterações nos requisitos técnicos consistem em aumentar a atenuação do Cabo Coaxial Flexível Série 06 passando de 1,90 dB/100m para 2,70 dB/100m na frequência de 5 MHz; e aumentar a atenuação do Cabo Coaxial Flexível Série 59 passando de 2,82 dB/100m para 3,50 dB/100m na frequência de 5 MHz.

Já as  Caixas de Terminação Óptica, tanto as aéreas quanto as subterrâneas, possuem a finalidade de acomodar e proteger emendas ópticas por fusão entre o cabo de distribuição (backhaul da rede) e os cabos drop (última milha) de uma rede óptica de terminação, possibilitando a derivação de cabos e o compartilhamento de uma única fibra entre diversos pontos finais independentes.

Segundo informe da Anatel, além de propiciar as conexões e derivações entre o cabo principal e o cabo drop, a caixa de terminação óptica pode ser utilizada para proteção de emendas ópticas nos cabos de última milha, situação na qual o cabo drop é utilizado como cabo principal na montagem da caixa. Os requisitos vigentes preveem que o cabo principal da caixa terminal óptica subterrânea suporte, independentemente do tipo de cabo, 440 N.

No entanto, como algumas caixas subterrâneas estão sendo utilizadas em aplicações onde o cabo principal também é o cabo drop, o requisito para o cabo principal não se mostra adequado, uma vez que o próprio cabo drop não suporta essa carga. Nesse sentido, torna-se necessária a atualização dos requisitos técnicos vigentes para contemplar a utilização do cabo drop como o cabo principal, diz a agência.

Anterior Os postes de energia elétrica não podem suportar tantos cabos de telecomunicações
Próximos Instabilidade atinge redes sociais

1 Comment

  1. Ricardo
    3 de julho de 2019

    Vai aumentar a atenuação do cabo coaxial, quer dizer que vai piorar o mesmo?
    *Atenuação (significado)
    substantivo feminino
    1. perda da força ou intensidade; enfraquecimento, redução, limitação.

    Que Mer.. é essa?