A América Móvil tem interesse na Oi, diz CEO


The logo of America Movil is seen in the company's new corporate offices in Mexico CityEm entrevista ao jornal “Valor Econômico”, o presidente do grupo América Móvil, Daniel Hajj, disse que tem interesse em todas as áreas da Oi – telefonia fixa, telefonia móvel, banda larga. E que está acompanhando o processo de recuperação judicial da operadora brasileira, observando “que ainda não está claro o que realmente está à venda, se é o negócio completo ou partes dele”.

Ao apresentar seu plano de recuperação judicial à Justiça do Rio de Janeiro, no dia 5 de setembro, a Oi mencionou a possibilidade de venda de operação móvel, além de ativos em países da África e da Ásia, de imóveis no Brasil que até bem pouco tempo atrás eram considerados bem reversíveis da União e de data centers e empresas subsidiárias na área de redes já eram esperadas.

Ainda na entrevista à jornalista Ivone Santana, Hajj observou que seu grupo está muito interessado em participar da consolidação no Brasil. “A consolidação será muito boa para o Brasil e para o mercado.”

Anterior AT&T vai testar banda larga em redes elétricas com tecnologia própria
Próximos MCTIC e TVs fazem reunião sobre desligamento no dia 29