América Móvil lucra mais do que o esperado


Entre os resultados divulgados pela América Móvil, controladora da Claro e com presença em 17 países das Américas, o que mais chamou a atenção do mercado, segundo a agência Reuters, foi o lucro líquido, acima do que era esperado pelos analistas. O grupo registrou, no último trimestre de 2008, lucro líquido de 16,3 bilhões de …

Entre os resultados divulgados pela América Móvil, controladora da Claro e com presença em 17 países das Américas, o que mais chamou a atenção do mercado, segundo a agência Reuters, foi o lucro líquido, acima do que era esperado pelos analistas. O grupo registrou, no último trimestre de 2008, lucro líquido de 16,3 bilhões de pesos (US$ 1,179 bilhão), fechando o ano com 138,4 bilhões de pesos de lucro, aumento de 11,8% em relação a 2007, e margem anual de Ebitda de 40,1%. A receita da empresa no ultimo trimestre foi de 94,4 bilhões de pesos e, no ano, de 346 bilhões de pesos.

Outro dado que chama a atenção, destacado pelo grupo em seu balanço, é o número de adições líquidas no último trimestre, considerado o melhor da história: 10,1 milhões de assinantes, captados especialmente no Brasil, Colômbia e Equador. Graças ao incremento do final do ano, o grupo encerrou 2008 com 182,7 milhões de clientes em telefonia móvel, sendo 29,3 milhões de novos assinantes.

Em seu balanço, o grupo informa que em novembro e dezembro de 2008 fechou três novas linhas de crédito, num total de US$ 1,8 bilhão, que foram pouco utilizadas. Assim, os recursos vão permitira à América Móvil, diz o comunicado sobre o desempenho do quarto trimestre, financiar praticamente todas as importações de equipamentos de infraestrutura para o ano.

Anterior Claro bate recorde e conquista 8,5 milhões de clientes em 2008
Próximos Claro ainda não sentiu efeitos da crise