América Latina tem 33,5 milhões de acessos móveis banda larga


 

As conexões de banda larga móvel somaram 33,5 milhões (na tecnologia HSPA) na América Latina e as de banda larga fixa alcançam 28,7 milhões (na tecnologia DSL) e 11,3 milhões (na tecnologia de cabo), no segundo trimestre deste ano, segundo a Wireless Intelligence y Convergência.

 

“Estamos em um ponto onde a banda larga móvel superou a fixa e já é o principal meio de conexão dos latino-americanos à internet. É necessário ter isso em conta como um fator fundamental nas políticas públicas para massificar o acesso à rede “, disse Sebastian Cabello, diretor da GSMA América Latina, ontem, na abertura da 36ª reunião plenária da GSMA América Latina.

 

Na verdade, a afirmação do executivo só pode ser confirmada se se levar em conta apenas os acessos de banda larga existentes nas redes de telefonia, mas o rápido crescimento da banda larga móvel deverá fazer com que esta tecnologia avance sobre a banda larga fixa no próximo ano.

 

O encontro discute a harmonização do espectro na região, o aumento do roubo de aparelhos celulares e os efeitos da radiação sobre a saúde dos usuários.( Da redação, com assessoria de imprensa).

Anterior Cartilha da GVT sobre uso da internet ganha versão interativa para dispositivos móveis
Próximos MCT inaugura primeira Escola Virtual do Mercosul